Para quem tem mais de 25 anos, é difícil encarar mais uma (nova e revolucionária) rede social. É sempre assim: elas chegam, fazem um barulho entre os jovens e logo depois, somem. Por qual motivo com o snapchat seria diferente?

Um aplicativo que troca mensagens, fotos, vídeos, ainda se propõe a ser plataforma de conteúdo e que tudo isso some em um dia, é de dar nó na cabeça. Entretanto, em agosto do ano passado, um relatório revelou que o Snapchat tem 100 milhões de usuários ativos mensalmente e esse número não para de crescer. O público-alvo? Entre 13 e 25 anos, justamente quem dita como as ferramentas da web serão usadas e pra onde o dinheiro desse mercado deve ir nos próximos anos.

Em parceria com o Daily Mail, Yahoo! News, a Cosmopolitan, MTV, a Vice e outros canais, o Snapchat pode trazer as notícias adaptadas para a sua plataforma, então, enquanto os veículos estão quebrando cabeça em como passar conteúdo pra essa galera, o Snapchat passou a entregar isso da forma que eles gostam: rápida, visual, simples e mobile.

Você ficaria surpreso se soubesse que eles estão até criando uma série orginal? Pois é, eles estão! Literally Can't Even (nome da série), será hospedado no novo serviço de conteúdo e como tudo na rede, vai durar alguns minutos e desaparecer depois de 24h.

Uma nova rede sempre é difícil de se adaptar, mas pela proposta da rede e sua disseminação rápida, fica cada dia mais fácil de entender o que os jovens querem e vale a pena arriscar.

É Mark Zuckerberg, corre que tem gente na tua cola.